[FP] MORGAN, Josephine Kristyn

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] MORGAN, Josephine Kristyn

Mensagem por Josephine K. Morgan em Sex Jun 27, 2014 10:18 pm


Josephine Kristyn Morgan
 
♀Bruxos Andarilhos
♀Persuasão
♀18 anos

HISTÓRIA


O passado para ela é como uma névoa; densa, esbranquiçada e cheia de retalhos desconhecidos. A neve parecia combinar perfeitamente com a névoa que dispersava seus pensamentos, onde ironicamente contrastava com os gritos e tiros dos homens fardados em uma distância segura de si. Os nazistas pareciam formigas; dispersavam-se com uma velocidade impressionante cada vez que Josephine avançava pela neve cálida e pura.

Ela não entendia como, na maioria das vezes, sempre conseguia ser o alvo daqueles homens. Parecia ser uma habilidade estranhamente bizarra saber que ela era o principal alvo dos fardados. Naquele dia, entretanto, a garota percebeu que não poderia mais ficar naquele local. Local onde as pessoas claramente não gostavam de si. Quando os seus poderes começaram a dançar para fora de seu corpo, tomando a realidade, Josephine passou a ser chamada de bruxa. Logicamente, os cidadãos comuns daquele vilarejo possuíam uma mentalidade retrógrada, afundada na crença de que o sobrenatural – qualquer que fosse a sua origem – era passível de punição, sem acordo entre ambas as partes.

Assim, quando as primeiras vozes romperam o silêncio do amanhecer, algo no fundo de sua alma rugiu, alertando-a de algo estava profundamente fora dos eixos. Um calafrio correu pela espinha, conduzindo o corpo franzino para fora da cama. Os pensamentos sumiram, transformando-se em ações. A morena caçou tudo o que poderia levar da pequena casa, colocando o que podia na maleta que estava guardada embaixo da cama. Os gritos passaram para estrondos enquanto ela jogava as roupas e pertences na mala, não se esquecendo de seu casaco. Correu para a entrada secundária, que dava para os fundos da casa. Simultaneamente, a porta principal fora arrombada enquanto Josephine sentia o vento frio bater em seu rosto, começando a correr pela neve que caia.

§

Rhausn parecia em chamas, atordoada pelas labaredas vermelhas em todos os lugares possíveis. Mesmo assim era possível ouvir as vozes enlouquecidas dos habilidades dali, na qual a garota conhecia muito bem. Os tiros ecoavam na praça central, soando tão alegres quantos os seus atiradores. E Josephine estava amarrada no parte central da praça,sendo a única realmente consumida pelo fogo.

Era o mesmo sonho desde que chegara em solo americano. Por mais que ela tentasse esquecer, não conseguia. Todas as noites, o que deveria ser descanso de um dia agitado de trabalho tornava-se um pesadelo macabro e cheio de feridas.  Já estava vivendo ali há alguns meses, tendo conseguido se mudar após contactar antigos parceiros. Ela poderia se considerar feliz, pois sua vida era mais tranquila em Boston. Contudo, antes que pudesse se acostumar com aquela tranquilidade, o passado bateu em sua porta. Em uma manhã fria de inverno a garota recebera um pacote em sua porta. Ao observar o que estava dentro do embrulho, arrependeu-se imediatamente de ter feito tal ato. Dentro da caixa, estava um fotografia. O cenário? Josephine e os pais diante da entrada de Rhausn.

Era mais do que óbvio que ela estava sendo novamente ameaçada. Daquela vez, ela prometera para si mesma que não seria colocada contra a parede. Seu novo destino, enquanto arrumava as malas às pressas, era New Orleans. 

¹. Os pais de Josephine morreram em Rhausn, capturados pelos nazistas.

DESCRIÇÃO PSICOLÓGICA


Afetada pelas recorrentes perseguições e fugas, Josephine tornou-se meio... Paranoica. Foge da vista de qualquer pessoa que lhe pareça suspeita, e depois de tudo que viveu, qualquer um é suspeito. Seu instinto de sobrevivência é invejável, e sua intuição sempre está certa. Se ela disse que você não é uma boa pessoa, não tente lhe mostrar o contrário. Para Josephine, a primeira impressão é a que fica e, teimosia é a sua marca registrada.

Gosta de viver no seu próprio mundo e conhece poucas pessoas, porque devido aos fatos passados, essa foi a consequência que ficou. Conhece poucas pessoas e é amiga de menos ainda, e sobrevive assim. Inconstante no que quer que seja, hoje dócil, amanhã uma fera. Uma caixa de surpresas até para si mesma. Ela não foge do que é, nem tenta se esconder. Simplesmente, adaptou-se a viver e aprendeu a não ser notada. Invisível como queria ter sido oito anos antes em Rhausn.


DESCRIÇÃO FÍSICA


O corpo pequeno, magro e alvo se esconde atrás de roupas largas. Ela não vê, nem nunca viu a necessidade de mostrar o corpo. Principalmente um desprovido de curvas. Não tem vaidade ou luxúria, nunca precisou ser sexy. Os cabelos castanhos passam um pouco dos ombros e estão sempre soltos e em movimento, suave ou agitado e cobre o rosto em forma de coração com sardas pequenas e claras que se espalham das maçãs altas do rosto, até a ponta do nariz minúsculo. Porém, nem seus cabelos conseguem tirar de seu rosto a melhor coisa que ela tem: os lábios. Lábios rosados e finos, porém, bem definidos que sempre tem um sorriso de canto estampado, mesmo que ninguém note e ela negue a verdade. 


avatar
Josephine K. Morgan
Bruxos Andarilhos
Bruxos Andarilhos

Mensagens : 5
Data de inscrição : 27/06/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] MORGAN, Josephine Kristyn

Mensagem por Theodore Rockenbach em Dom Ago 03, 2014 10:31 pm


FICHA APROVADA
 


_________________
It's weird to look to all those comun faces and imagine that these same people, that you hate are imagining thousand things about you and yourself. About your stupid life.
avatar
Theodore Rockenbach
The Supreme
The Supreme

Mensagens : 44
Data de inscrição : 09/12/2013

Ver perfil do usuário http://thenewcoven.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum